O Governo Trabalho e Desenvolvimento Social tem sido sensível aos problemas sociais que afetam as pessoas menos favorecidas em Livramento de Nossa Senhora. A administração municipal vem lutando para que os direitos fundamentais dessas pessoas, garantidos pela Constituição Federal, sejam atendidos. Um passo importante tem sido reparar as desigualdades sociais, em que algumas pessoas têm muito e a maioria sobrevive com tão pouco ou com nada. Esta vontade de transformar Livramento em uma cidade mais justa tem sido a marca do atual governo que conta com a colaboração da secretaria de Assistência Social.

É com este objetivo que o Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) integra o programa de Proteção Social Especial - PSE - que se destina a famílias e indivíduos em situação de risco pessoal ou social, cujos direitos tenham sido violado ou ameaçados. São atendidos no CREAS crianças, adolescentes, jovens, mulheres, pessoas idosas ou deficientes e suas famílias que enfrentem problemas de abandono, violência física, psicológica ou sexual, situação de rua, violência de trabalho infantil entre outras formas de submissão e situações que causam danos e agravos a sua condição de vida os impedem de usufruir de autoestima e bem-estar.

Só no ano de 2013 foram realizados 65 eventos no município. Através de registro das ações  itinerantes realizadas pela equipe do CREAS, como campanhas e palestras nas comunidades e nas escolas, somado aos números atendidos  em sua sede, o centro de referência conseguiu atingir 4.7008 pessoas.